sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

CoopAzine -Edição I

Fábio Veras é o autor da banda desenhada, sem título, acima reproduzida.


Tiago Pimentel é o autor da banda desenhada "A Merda da Siderurgia" acima reproduzida.


André Pacheco é o autor da banda desenhada sem título acima reproduzida.


 
Abel Raposo é o autor da banda desenhada "PFFFFFFFFssssssSN..." acima reproduzida.


Sandra Pires é a autora da banda desenhada "Sarna & Taínha e os Tempos Modernos" acima reproduzida. 
.......................................................................................

Além da capa do fanzine coopAzine (Edição I - Novembro 2016) reproduzem-se acima as cinco bandas desenhadas incluídas no zine, tendo as primeiras quatro reflectido claramente um dos temas pedidos aos autores participantes, a poluição provocada pelas indústrias poluentes, tendo a autora da quinta bd optado pelo tema livre. 

Convém esclarecer que este zine é editado pela CoopA - Associação Aldeia Cooperativa de Artes, constituída no dia 24 de Fevereiro de 2016 na Aldeia de Paio Pires, uma entidade de índole cultural sem fins lucrativos. 

Note-se que o coopAzine é um fanzine não de BD mas com banda desenhada, isto é, além da BD inclui no seu conteúdo outros assuntos, designadamente notícias relacionadas com actividades culturais e lúdicas organizadas naquela localidade.

Desta vez organiza uma exposição de fanzines e acaba de editar um, o CoopAzine. Mas anteriormente realizou outros eventos, por exemplo, um encontro de Estátuas Vivas.     

....................................................................................
A fotografia artística tem os seus entusiastas, e o zine dá espaço a obras fotográficas de sócios da cooperativa nas suas páginas. Vejam-se a seguir as três fotos publicadas.



A fotografia acima reproduzida é da autoria de José Geraldo Marques.



A fotografia acima reproduzida é da autoria de António Caeiro.



A fotografia acima reproduzida é da autoria de Gil António Freitas.
............................................................................. 

Tratando-se de um fanzine nascido no âmbito de um evento ligado ao fenómeno fanzinístico, a Mostra Internacional de Fanzines, não faria sentido que no seu miolo não houvesse algum artigo sobre o assunto.
Há sim senhor, um intitulado "Fanzines do Brasil", de duas páginas, da autoria de Thina Curtis:




E um outro, de três páginas, ilustrado com a capa do 1º fanzine português, o Argon, intitulado "Fanzinato português na área da BD" (de que se reproduz apenas uma página), da autoria do blogger que edita e escrevinha neste blogue:

 
............................................................................. 

Além destes textos dedicados aos fanzines, merece relevo uma crítica de BD (de duas páginas, de que se reproduz apenas a inicial), da autoria de Fernando Ferreira, debruçada sobre a banda desenhada "O Infante", com argumento e desenhos de Daniela Viçoso.


 


Título: CoopAzine 
Edição I 
Novembro 2016

-------------------------------------------------------- 

Ecos da Comunicação Social

Posteriormente tive conhecimento de terem sido publicadas notícias do evento em jornais. Reproduzo-os para memória futura:




 

2 comentários:

thina disse...

Fique muito feliz em participar dessa publicação, admirando ainda mais e criando pontes entre nossos países.
A arte e cultura como veículo de comunicação e expressão nos mostra como somos parecidos.

Geraldes Lino disse...

Cara desconhecida Thina

Considerei muito interessante o seu artigo "Fanzines do Brasil". Também eu tive muito gosto em participar nesse zine com um texto sobre o Fanzinato português na área da BD.
Sim, portugueses e brasileiros temos muito em comum, começando obviamente pela língua.
Quanto a nós, pessoalmente, eu e a Thina temos mais algo que nos une: o amor pelos fanzines.
Desejo-lhe uma agradável noite de fim-de-ano, e um 2017 com grande actividade cultural.