quarta-feira, 6 de julho de 2016

Feira Morta - 9 Julho 2016




De novo renasce a Feira Morta, um evento da área alternativa em que pontificam as pequenas (mas corajosas) editoras independentes, onde os fanzines têm espaço privilegiado.

No local onde se vai realizar - a Bedeteca de Lisboa - já teve, em anos anteriores, entre 2005 e 2011, várias edições, sob o nome de Feira Laica, e mais tarde surgiu o evento herdeiro do conceito que se chamou Feira Morta.

Volta agora, no dia 9 de Julho, pelas 14h00, ao jardim da Bedeteca de Lisboa, no bairro dos Olivais, com um programa atraente que a organização descreve da seguinte forma:  

Feira Morta é um evento itinerante dedicado à edição de autor e a práticas DIY de edição. É um espaço aberto onde se partilha, discute e pensa sobre ilustração, artes plásticas e gráficas, banda-desenhada, desenho e música, promovendo a divulgação da cultura independente actual através do contacto directo e informal entre público e criadores.
Editores e artistas independentes de várias gerações apresentam novidades, raridades e projectos esporádicos. Para além de zines, revistas, comics, livros, prints, serigrafias, cassetes, discos e vinil abarca ainda uma série de actividades diversas, sejam: exposições, video-art, workshops, performance ou concertos, deixando ainda espaço para apresentar novos títulos e conversar sobre este/s mundo/s.

A Feira Morta "morre" de novo às 20h00

Sem comentários: