sábado, 5 de agosto de 2017

Terrea - Prozine com BD sem palavras

Sobrecapa do zine Terrea






Terrea é um notável prozine (*) realizado por Ricardo Cabral, neste caso editautor,  num curso de auto-edição na Oficina do Cego, em Lisboa, que decorreu desde Outubro de 2014 até Março de 2015.
Tem uma sobrecapa a duas cores impressa em tipografia, sendo o miolo impresso em serigrafia a preto e branco.

O conteúdo do prozine é uma extensa narrativa gráfica, sem palavras, inserindo-se no género de ficção científica, em que as imagens sequenciais criam uma atmosfera surreal, protagonizada de início por figuras a cavalo aparentando ser invasores de outro planeta (talvez da Terra) que se defrontam com criaturas estranhas e belas, com poderes imprevisíveis, que se fazem transportar por naves reduzidas a uma placa triangular.

O que irá acontecer? Ricardo Cabral já editou mais um prozine com o episódio Terrea II, e deu o terceiro capítulo para publicação no livro TLS Series-Cidades, editado em 2017 com bandas desenhadas realizadas por autores pertencentes ao The Lisbon Studio -TLS.  Ou seja, uma banda desenhada editada em três partes, o que implica a aquisição de dois fanzines e um álbum de BD, um caso invulgar na edição alternativa.

(Estão reproduzidas 10 pranchas de um total de 28 que compõem o zine)

Ficha técnica
Título: Terrea
Editor: Ricardo Cabral
Data da edição: [Abril 2015]
Sobrecapa a 3 cores
Capa 1 cor
Miolo: 32 páginas a p/b
Formato: A5 (148x210mm)
Tiragem: [36] exemplares
Local: [Lisboa] 

............................................................   

(*) Repetindo o que já escrevi anteriormente: o termo prozine não tem a ver com a qualidade do objecto, apenas se refere ao facto de ser um fanzine editado por um "pro", um profissional da especialidade (o editor é autor de BD, design e ilustração, trabalha nisso a tempo inteiro).  E como a publicação é feita sem intuitos lucrativos, sem distribuição, sem periodicidade, por isso é da família dos zines.

Sem comentários: